20 de jan de 2014

NFLY-capitulo 21/ I DON'T wanna back with you!




*Mari P.O.V's*


-Mãe eu posso explicar eu...


-Não quero saber! Você vai voltar pro Brasil!


-Mãe! Eu já tenho 19 anos, eu NÃO vou voltar pro Brasil!- falei e desliguei o celular, eu sei... Não devia ter falado com a minha mãe assim mas, ela NÃO VAI ME MANDAR PRO BRASIL!



*Clara P.O.V's*


Olheiras profundas, rosto inchado e vermelho. Era exatamente assim que eu acordei depois de chorar a noite inteira. Porque ele faz isso comigo? Até entendo que aquela puta tenha agarrado ele a força mas... Ele RETRIBUIU! Como ele fez isso comigo? Como ele... Pode?


-Clara?- Alguém bateu na porta do banheiro, reconheceria essa voz em qualquer lugar. 
Austin. 

Não respondi, eu não queria nem olhar na cara dele.


-Clara?- agora ele tentou abrir a porta, mas eu tranquei. 


-Sai daqui Austin!- falei encostando na porta, ouvi ele suspirar.


-Olha... Desculpa por ontem eu... Não sei oque aconteceu e...


-Não precisar se desculpar, eu sei muito bem oque aconteceu...- deslisei pela porta suspirando- Você me traiu, e isso não tem volta


-Você quer... Terminar?- perguntou surpreso


-Eu não sei eu... Quero um tempo- falei e ouvi ele bufar


-Olha se você prefere assim eu não posso fazer mais nada- falou e ouvi passos e depois a porta do quarto batendo
Foi embora.

Ainda encostada na porta, lágrimas começaram a descer sem a minha autorização... Eu amo ele mas, não posso mais ficar com ele.


*2 meses depois*


2 Meses. 2 Meses de depressão, tentando ignorar ele, me cortando, 2 meses tentando sufocar o amor que eu sinto por ele. Mari já está com quase 8 meses de gestação, vive grudada com o Alex... Não que eu não goste, mas... Me da um aperto no coração toda vez que eu vejo eles juntos... Sinto saudades do Austin, dos beijos, dos abraços... Mas parece que ele está muito feliz com a Gabriela... E eu não posso fazer nada, fui eu quem terminou.


-CLARA!- gritou me tirando dos meus pensamentos


-Que foi?- perguntei me virando para olhar pra ela, ela estava suando, arfando e em cima de uma grande poça de água


-C-Chama o...- não terminou de falar e gritou- CHAMA O ALEX!- gritou de novo, ela parecia apavorada.


Sai correndo em direção a sala, Alex estava assistindo TV com uma bolsa de bebe ao lado


-Alex! a Mari ela...- fui interrompida por um grito da Mari, Alex levantou correndo, peguei a bolsa de bebe e corri para pegar a chave do meu carro, que estava em cima da bancada da cozinha.


Alex voltou descendo as escadas segurando na mão da Mari, abri a porta da frente e destravei o meu carro. Alex pôs a Mari na parte de trás e foi junto com ela, entrei na frente e liguei o carro dando partida e indo direto para o hospital mais próximo.


*3 horas depois* 


Faziam 2 horas que a Mari estava na sala de cirurgia com o Alex, eu já tinha ligado para a Tia Gabi que chegou cinco minutos depois com o Austin e a putinha. Faziam exatas 2 horas que eu ignorava ele, vendo aquele projeto de puta sentado no colo dele e ele sem fazer nada, eu tinha que me acalmar. Não podia ficar mal por causa disso... A Jully ia nascer! A minha sobrinha! Depois de tanto esperar, Alex saiu daquela bendita sala de cirurgia. ele estava chorando e tremendo.


-Alex oque aconteceu?- perguntei nervosa, ele sorriu


-As três estão bem- falou sorrindo largamente


-TRÊS?!- eu. tia Gabi e Austin falamos juntos


-Gêmeas... A Mari não contou né?- perguntou sentando, eu neguei


-Mas, eu vi os exames... Era só a Jully não era?- Tia Gabi perguntou incrédula mas com um grande sorriso no rosto


-Não, gêmeas- Alex falou sorrindo ainda mais, limpou as lágrimas- Jully e Mellanie


-Quando vou poder ver elas?- perguntei ainda com a cabeça baixa


-Amanhã... Pode voltar pra casa se quiser- falou e eu neguei


-Vou ficar aqui


-Não querida, vamos voltar pra casa... Nós duas- Tia Gabi me puxou pelo braço, eu ainda estava muito abalada pelo que tinha acontecido comigo e com Austin, então deixei ela me levar para casa.


(...)


Acordei com a luz do sol batendo na minha cara, ontem antes de dormir tinha decidido voltar pro Brasil. Afinal, ainda tinha minha casa no Rio de Janeiro e o apartamento antigo do meu pai em São Paulo. E eu não aquentar mais ficar aqui e ver o Austin o dia todo com a Gabriela.


-Bom dia Clara!- Tia Gabi entrou no meu quarto sorrindo- Vai querer ir no hospital ver a Mari?


-Não, depois que eu comprar a minha passagem talvez...- falei e ela me olhou assustada


-Como assim você...?


-Sim... Eu vou voltar pro Brasil

Oi Girls!!
Oque vcs acharam? E sim, a Clara vai voltar pro Brasil sim!
E o capitulo 22 vai ser o último :'( da temporada! shuahsuhas
E eu prometo prometo que faço um final de temporada BEM grande ok?
E é só isso... Ah! Divulgandooo :


Garanto a vcs que esse blog é PERFEITOO eu amei a fic que ela ta escrevendo :3 sérioo msm! Vejam vcs mesmas!


BJKS AMO VCS!


7 comentários:

  1. Ohhh. Bianca ta perfeito. Pena que esse é o penúltima capítulo. Ah... VALEUZAO POR TER DIVULGADO A MINHA PÁGINA. DOLLO VC. TO CHORANDO DE FELICIDADE ATE AGORA. VLW MSM. :-D:-D:-D;-)▪:-D☆☆☆

    ResponderExcluir
  2. ♥♥♥♥♥♥♥

    ResponderExcluir
  3. Cara, q emoção ! Gemeas ?! ! Austin é Louco! (Extremamente gato) mais louco !! Kkkk
    Como assim ja vai acabar.essa twmporada ? :((((
    Xoxo Soraya

    ResponderExcluir
  4. Aaaiinn que fofo... gemeas!! Ja vai acabar, poxa??!! Eu amo tanto a sua fic, tomara que tenha mesmo a 2° temporada!!!!! :3 <3

    ResponderExcluir
  5. Ñ ACREDITO Q É O PENULTIMO CAPITULO DA TEMPORADA
    A JULLY ~MINHA XARA~ HAHAH. ERAM DUAS MDS DEVEM SER MT FOFAS.
    OQUEE A CLARA VI VOLTAR PARA O BRASIL
    Gabriela FDP o Austin pertence a Clara
    Mt perfeito como sempre
    Xx
    P.S.: desculpa por ñ ter comentado é q eu fui pra praia ~como eu te avisei no capitulo 18 acho~

    ResponderExcluir