29 de jul de 2014

Believe In Love, capitulo 5- Party and Bullshit


''Are you feeling naughty?
(...)
A party without me
Let me see your fucking hands!'-  Ain't a Party, David Guetta (Feat. Harrison)




 - Algumas semanas depois -



         Após a "acusação" de Austin e o -quase- desastre que aconteceu no meu escritório ele não deu mais as caras, talvez tenha tomado vergonha na cara e percebido que eu não havia feito nada. Acho melhor assim, distância é sempre bom. Alguém bate na porta me tirando de meus devaneios.




          - Entre Somers.- digo me arrumando na cadeira


          - Como sabe que sou eu?- pergunta fechando a porta atrás de si.


          - Porque, ao contrário de Kayle ou Karina, você é o único que tem educação e bate antes de entrar.- digo e ele ri.- Agora me diga, David, o que te trás ao meu escritório duas horas antes de seu horário de trabalho?- pergunto colocando meus pés em cima da mesa


          - Bem, eu vim avisar que sua nova boate fica pronta hoje e a estreia também é hoje e bem, eu não tinha nada pra fazer mesmo.- dá de ombros e se joga no sofá que fica do lado da porta


          - Você nunca tem nada pra fazer, David.- Karina debocha entrando sem avisar.


          - Lembra o que eu disse, Somers?- pergunto e eles me olham desentendidos- Você é o único que bate na porta.- debocho e Karina me fuzila.


          - Opa, então deixa eu voltar e bater na porta.- Kayle diz indo pra fora de novo.


          - Entra logo seu idiota!- Karina diz e ele entra de novo.


          - Vocês deviam bater na porta antes de entrar, porque a Evelyn tem armas em todos os lugares do escritório.- David diz 


          - E ela pode estar trepando com alguém também.- Karina debocha e os três começam a rir.


          - Ou ela pode estar dormindo, ai sim ia ser divertido.- Kayle diz com a língua entre os dentes e eles começam a conversar.


          - Mereço...- sussurro e procuro minha 38mm nas gavetas; tenho que arrumar isso aqui, penso quando encontro-a no chão, toda empoeirada; e limpar também, concluo e aponto a arma para o teto, vai fazer um estrago, mas foda-se. 



          Dou três tiros pra cima e eles me olham assustados.



          - Sorte não ter sido na cabeça de vocês.- digo dando um sorriso irônico


          - Você não é capaz de matar nem uma mosca.- Karina debocha se sentando ao lado de David


          - Quer testar?- pergunto apontando a arma para ela.



          - Não obrigada.- diz cínica me fazendo rir.- Ta, agora porque me chamou aqui?



          - Bem, eu ia pedir pra você ir ver as vadias que chegaram na boate nova, mas a Clary que se resolva lá porque hoje é a estreia. Bem ainda dá pro Kayle ir ver os carregamentos de maconha pros estoques de lá, certo?- pergunto e ele assente saindo.- Bem, como hoje é a estreia, seria uma falta de ética a dona dessa porra todo não ir, não?



           - Hum, entendi. Agora você vai querer que eu te ajude com uma roupa fodástica porque você é "Evelyn Fox, a dona das maiores boates de Miami"- diz imitando minha voz, reviro os olhos e me levanto.



           - Vamos logo idiota.- digo empurrando ela pra fora.- TCHAU SOMERS!- grito já descendo as escadas e não espero a resposta.




 . . . 

   


           Estaciono o carro do lado de fora da boate e desço do mesmo colocando a arma no coldre em baixo do vestido. Karina sempre diz que eu sou exagerada por estar sempre com uma arma, porra, eu sou a dona das maiores boates de Miami, tenho que estar armada sempre. Quando entro na boate, todas as atenções vem diretamente para mim, sorrio com isso e vou até o bar.



          - O que vai querer moça?- o barman pergunta


          - Uma vodka, pura por favor.- digo e ele me olha meio assustado.- O que?- pergunto rindo de sua cara.


          - Bem, normalmente as garotas pedem Martini , Vodka com alguma coisa ou Coquetéis e coisas do tipo.- Ele diz virando-se para pegar minha bebida e dá de ombros.


          - Acho que dá pra perceber que não sou uma garota normal.- digo levantando uma parte do vestido mostrando o coldre com a minha 38mm, ele me olha mais assustado ainda e eu rio da sua reação.- Calma ai bebê, não vou te machucar. Evelyn Fox é boazinha com os bonitinhos.- digo irônica e dou uma piscada pra ele.



           Saio do bar com a minha Vodka em mãos e subo para a área VIP, deixo minha bolsa em um dos sofás e desço novamente para a multidão, viro o copo em um gole só e deixo ele em algum canto voltando a dançar.
       

           Começa a tocar David Guetta & Showtek, Bad; eu começo a dançar conforme a batida depois do refrão. Todos ao meu redor me olham, mas não estou nem ai para eles, a boate é minha e eu posso dançar como eu quiser. 


            Logo a música troca e começa a tocar Martin Garrix, Animals; começo a pular com todos ao meu redor conforme a batida contagiante. Paro um pouco e vou até o bar e peço outra Vodka, parando para beber e observar a minha linda boate, fizeram um belo trabalho, tanto em decoração como no resto; quando der meia noite as dançarinas/putas saem e o lugar fica em um clima mais sexy, perfeito para quem quer curtir antes da virada da noite e perfeito para dançar depois da virada. Simplesmente perfeito.



  . . . 

     

             As dançarinas já estavam em seus postos, isso tudo vai bombar quando elas entrarem no palco. O que não demorou muito, pois logo começou a tocar Low, Flo-Rida feat. T-pain. Sorrio quando elas começam a entrar e dançar no ritmo da música, sedo aplaudidas e gritadas por todos -homens- da boate.  


              Me junto com a multidão - novamente- para dançar no ritmo da dança. Mas logo trocam a música para Partition, Beyoncé; eu simplesmente amo essa música. Começo a dançar conforme a música, sensualmente e atraindo olhares de todos os homens, sorrio com o resultado e sinto alguém segurar minha cintura. Continuo dançando sem me importar com a pessoa atrás de mim, seja quem for, dança muito bem.



              - Você dança bem, pequena.- o homem sussurra em meu ouvido e eu congelo, não pode ser. 

.  .  . 

Heeeeeey Girls!! 
Bem, pra começar... Quem será? Hein? FAÇAM SUAS APOOOSTAAS!! 
KayleKayle² e o DavidDavid²  
Bem, eu não coloquei eles junto com os personagens por dois motivos :
1°- Eu tava com preguiça de colocar todos os personagens
2°- Eu não tava com preguiça porra nenhuma, só pensei em coloca-los na história quando comecei a escrever o capitulo 3 :v
Pois é.
Enfim, OH MEU DEUS VCS NÃO ME ABANDONARAM!! Sério pensei que estava escrevendo para fantasmas ai, numa bela noite de domingo (eu acho) eu entrei pelo cel no blog e "4 COMENTÁRIOS" *w* vcs são DE MAAAIS :3 e podem falar que sabem, eu deixo u_u ENTÃO, oq acharam do cap? beeem, eu demorei muuuito pra escreve-lo e to com a bunda quadrada de tanto tempo que fiquei aqui na cadeira em frente o computador '-' . psé.
E trago boas novas! Ta, não são boas. Só quero deixar avisado que vai começar a esquentar no próximo capitulo.
Enfim, comentem por favooooor :3 
obg dnd u_u 
Acho que é isso.
Ah, a partir de semana que vem eu não sei se vou conseguir postar frequentemente ok? Por que minhas aulas voltam essa quinta e dia 20 tem prova :/ ENTÃO não fiquem bravas comigo por favooor :3 <3

AMO MUUUUUUUITO VCS!!! beeeeeeijos

5 comentários, blz? 
:* 
        

2 comentários:

  1. Ai meu deus q perfeita... Tomara q seja o Austin :3... Continua diva

    ResponderExcluir
  2. continuaa
    n deu pra fala + eh a 5 vez q eu to escreendo e enia

    ResponderExcluir